Tecnologia a serviço da acessibilidade

A demanda crescente por oferecer a toda a população acesso de qualidade as informações da mídia televisiva, faz com que as emissoras e produtores de conteúdo cada vez mais se preocupem com a oferta de legendas e closed caption em suas produções. Mas este não é um assunto fácil de se resolver, sendo majoritáriamente necessária a interação humana para realizar o serviço.

Fluxos para elaboração de legendas e Closed Caption em modo offline

Com a obrigatoriedade do closed caption imposta pelo Ministério da Comunicação nas transmissões de broadcast, para canais de TV aberta e fechada, muitas empresas tem buscado soluções para atender a essa obrigatoriedade. Recentemente foi feito um estudo para Câmara dos Deputados e observou-se que nenhum sistema automático de transcrição atende às normas estabelecidas. As normas são atendidas quando profissionais como taquígrafos ou estenógrafos elaboram o closed caption. Pensando nessa necessidade, e sabendo que o custo desses profissionais é bastante alto, a Media Portal concebeu um produto para elaboração de legendas e closed caption em modo offline.

Encadeando aplicações, concepção do fluxo

Para elaboração de closed caption em modo offline, observamos soluções baseadas na execução de uma sequência de atividades elaboradas em diferentes aplicações. Normalmente é baseado na re-locução do áudio por um operador treinado. A re-locução, mesmo feita por um operador treinado, apresenta erros, e a correção desses erros é a atividade que mais demanda tempo. A correção do texto transcrito pela re-locação, corresponde a até 80% do tempo necessário para que o closed caption seja elaborado. Após a correção do texto transcrito é possível elaborar o sincronismo do texto com o vídeo. São necessários ajustes manuais para sincronizar o texto transcrito com o vídeo original.

Media Portal e a inovação tecnológica

A Media Portal elaborou um fluxo completamente automático integrando diferentes ferramentas, e todas são operadas em uma única interface. Um dos pontos fortes é a integração com engines que fazem a transcrição baseados em algoritmos de inteligência artificial. Com a introdução desta inovação, foi possível estabelecer um fluxo inteligente e automático, completamente gerenciados pelo Media Portal. Está sendo possível constatar ganhos operacionais significativos. Também está sendo observado, que pessoas com ótima dicção tem uma taxa de transcrição bastante alta, de forma que é necessário pouca correção.

 

 

,

TV Cultura usa Media Portal para operação de fluxos na TV Câmara de São Paulo

A TV Cultura estabeleceu uma parceira com a TV Câmara de São Paulo para realizar a operação da TV Câmara. A operação consiste em manter uma grade de exibição na tv aberta com conteúdo próprio da Câmara Legislativa da cidade de São Paulo com transmissão das sessões plenárias, produção de documentários, produção de jornal, dentre outras atividades necessárias para manter o canal.

 

O conteúdo transmitido é um patrimônio público e precisa ser gerenciado de forma adequada. A solução para gerenciar e arquivar os conteúdos transmitidos será feito pela solução Media Portal, uma solução escolhida pela TV Cultura.
Gilvani Moletta – Diretor de tecnologia

 

A TV Cultura iniciou o uso do sistema Media Portal em 2006 para realizar a gestão e arquivamento do acervo quadruplex que na época que estava sendo digitalizado.

Desde então o sistema e a infraestrutura evoluíram, e quando a TV Cultura iniciou as transmissões no padrão HD, o sistema Media Portal passou a gerenciar os fluxos de produção realizando o arquivamento de todo material produzido. Hoje a emissora já tem mais de 1PB de conteúdo gerenciado pelo Media Portal.

Recentemente a TV Cultura ampliou a sua infraestrutura integrando a solução Quantum em seus fluxos de produção de conteúdo. O projeto com a TV Câmara é o primeiro projeto que tem o sistema Quantum completamente integrado com o sistema Media Portal.

Destaca-se a arquitetura da infraestrutura adotada, onde o material produzido pela TV Câmara será armazenado e arquivado em uma infraestruturalocal e tambem armazenado na nuvem privada da TV Cultura, que utilizam storages e robótica Quantum.

O canal da TV Câmara será operado através da infraestrutura de Broadcast da própria TV Cultura. O principal fluxo de conteúdo estará transferindo o material do ambiente da TV Câmara para o ambiente da TV Cultura. Os fluxos são completamente automáticos e gerenciados pelo sistema Media Portal, eles também estão integrados com mecanismos automáticos de transcrição de voz para texto gerando metadados de forma automática.

 

Além dos ganhos operacionais o conteúdo espelhado também serve de Disaster Recovery, o que aumenta muito a segurança da operação.
Rodrigo Petrucci

,

Melhoria no fluxo de Closed Caption da TV Novo Tempo

A TV Novo Tempo está presente em canais abertos e fechados, e precisa atender à obrigatoriedade de closed caption impostas pelo Ministério da Comunicação em suas transmissões. Foi elaborado um projeto para melhorar os fluxos de geração de closed caption.

O fluxo que estava sendo operado consistia em uma sequência de atividades elaboradas em diferentes aplicações. Ele é baseado na re-locução do áudio por um operador treinado. A re-locução feita por um operador treinado ainda apresenta erros, e a correção desses erros é a atividade que mais demanda tempo e corresponde a até 80% do tempo necessário para ter todo o closed caption elaborado dentro dos padrões.

 

A TV Novo Tempo tem uma equipe altamente capacitada para elaboração de closed caption.

Até então eram necessárias 6 ferramentas distintas para elaborarmos o closed caption de forma satisfatória. Temos o controle de todo processo e sabemos quanto tempo é necessário para elaboração do closed caption em cada etapa do trabalho.

Após o upgrade do Media Portal e início dos trabalhos de geração de closed caption através do Media Portal, a equipe passou a operar apenas uma única ferramenta e percebemos ganhos em todas as etapas do trabalho.

Henry Bartz – Gestor de tecnologia

Inovações tecnológicas

A TV Novo Tempo iniciou o uso do sistema Media Portal em 2011, e o principal uso é a gestão do acervo de vídeos produzidos pela TV Novo Tempo. Recentemente, houve um upgrade do sistema Media Portal incorporando novos recursos que permitiram a elaboração de fluxos mais ágeis e inteligentes.

Até então o fluxo de closed caption era elaborado através de uma relocução do áudio, com correções e ajustes manuais para sincronizar o texto transcrito com o vídeo. Após a introdução de um fluxo inteligente, automatizado e completamente gerenciados pelo Media Portal, foi possível constatar ganhos operacionais significativos.

O Media Portal possui um módulo para modelagem de fluxos, o BuildIT. Através deste módulo é possível configurar fluxos automáticos e completamente integrados com a infraestrutura disponibilizada. Este módulo permite que melhorias na infraestrutura sejam rapidamente incorporadas ao sistema bem como novos arquivos que se integram aos fluxos de arquivos, como a transcrição de voz para texto e outras análises inteligentes.

Estes aprimoramentos representam ganhos operacionais, melhorando a qualidade e a agilidade do trabalho executado.

,

Aula de Ikebana Sanguetsu na Media Portal

Para promover a integração da equipe com os novos colaboradores que estamos recebendo, convidamos a professora Sandra Morita para ministrar uma aula de Ikebana Sanguetsu dentro da empresa.

 

Atividades que extrapolam o universo habitual das pessoas são uma ótima oportunidade de quebrar barreira e melhorar os relacionamentos dentro da empresa, além de descontrair e divertir o grupo, afirma Fabio Tsuzuki, CEO da Media Portal.

O que é Ikebana

Ikebana (生け花) é uma palavra japonesa que significa “vivificação floral”, também conhecida como kado (華道), a “via das flores”.Ikebana Sanguetsu

Ikebana Sanguetsu é um estilo de ikebana criado por Mokiti Okada, que tem como noção básica o respeito pela natureza. Este estilo de ikebana se distingue dos outros porque tem como princípio a não modificação dos materiais usados (folhas, flores, galhos), tentando criar um arranjo mais natural e equilibrado possível. Existem cursos e uma academia de ikebana Sanguetsu, que tem como objetivo incutir o respeito pela natureza, o que torna a vida do aprendiz mais alegre e harmoniosa.

Set TV entrevista Fabio Tsuzuki da Media Portal

Fabio Tsuzuki, CEO da Media Portal, fala para a revista da SET sobre a importância de eventos do segmento para fortalecer o mercado, e também das novidades celebradas durante a SET Expo 2017.

 

 

 

Media Portal na FIAT/IFTA 2017, no México

Amanhã 19/10, a partir das 14h30, Fabio Tsuzuki, CEO da Media Portal estará ministrando uma palestra na Conferência Mundial FIAT/IFTA, na cidade do México. O Tema do painel é “Media Asset Management e metadata enrichment”, e abordará assuntos como compartilhamento de expertise, paradigmas de arquivamento e gestão de acervos, entre outros.

Fabio Tsuzuki irá apresentar sua visão sobre indexação e catalogação de arquivo muito grandes, e como os bibliotecários administrarão tecnologias avançadas.

Para saber mais sobre o evento: FIAT/IFTA WORLD CONFERENCE 2017

Case de sucesso – EPTV, a importância de um projeto de gestão de conteúdo

A EPTV, afiliada Globo do interior do estado de São Paulo e sul de Minas Gerais, vem ao longo de sua trajetória investindo na organização e preservação do acervo. Neste vídeo apresentamos o depoimento do Gerente de engenharia da empresa, Giulio Breviglieri, dando um panorama de como a emissora se preparou e desenvolveu um projeto consistente para gestão de suas produções.

Gostou do case? Fale com a gente! contato@mediaportal.com.br

 

,

Media Portal celebra com parceiros projeto pioneiro durante a SET Expo 2017

A Media Portal em parceria com a VideoData, empresa integradora de sistemas e a Sony do Brasil, celebraram na tarde desta quarta-feira, segundo dia da SET Expo 2017, a realização do projeto para a TV Assembleia do Ceará, sendo o primeiro do Brasil a utilizar a integração entre a solução da Media Portal e o sistema de arquivamento da Sony, o ODA (Optical Disc Archive).

Leia mais

Media Portal, Videodata e Sony ODA na SET Expo 2017

A Media Portal estará presente na SET Expo 2017, entre os dias 22 e 24 de agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.
Pelo segundo ano consecutivo, apresentamos a integração do Media Portal com o sistema de arquivamento da Sony, o ODA (Optical Disc Archive). O ODA vem se destacando por suas características técnicas comparando-se a uma cápsula do tempo.
Leia mais
,

Media Portal apresenta o Cloudlink na SET Expo 2017

A Media Portal estará presente na SET Expo 2017, entre os dias 22 e 24 de Agosto, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Estaremos  com estande próprio apresentando o CloudLink, sistema híbrido que integra uma infraestrutura de storage local com um sistema de MAM baseado na nuvem.

Leia mais