Tecnologia a serviço da acessibilidade

A demanda crescente por oferecer a toda a população acesso de qualidade as informações da mídia televisiva, faz com que as emissoras e produtores de conteúdo cada vez mais se preocupem com a oferta de legendas e closed caption em suas produções. Mas este não é um assunto fácil de se resolver, sendo majoritáriamente necessária a interação humana para realizar o serviço.

Fluxos para elaboração de legendas e Closed Caption em modo offline

Com a obrigatoriedade do closed caption imposta pelo Ministério da Comunicação nas transmissões de broadcast, para canais de TV aberta e fechada, muitas empresas tem buscado soluções para atender a essa obrigatoriedade. Recentemente foi feito um estudo para Câmara dos Deputados e observou-se que nenhum sistema automático de transcrição atende às normas estabelecidas. As normas são atendidas quando profissionais como taquígrafos ou estenógrafos elaboram o closed caption. Pensando nessa necessidade, e sabendo que o custo desses profissionais é bastante alto, a Media Portal concebeu um produto para elaboração de legendas e closed caption em modo offline.

Encadeando aplicações, concepção do fluxo

Para elaboração de closed caption em modo offline, observamos soluções baseadas na execução de uma sequência de atividades elaboradas em diferentes aplicações. Normalmente é baseado na re-locução do áudio por um operador treinado. A re-locução, mesmo feita por um operador treinado, apresenta erros, e a correção desses erros é a atividade que mais demanda tempo. A correção do texto transcrito pela re-locação, corresponde a até 80% do tempo necessário para que o closed caption seja elaborado. Após a correção do texto transcrito é possível elaborar o sincronismo do texto com o vídeo. São necessários ajustes manuais para sincronizar o texto transcrito com o vídeo original.

Media Portal e a inovação tecnológica

A Media Portal elaborou um fluxo completamente automático integrando diferentes ferramentas, e todas são operadas em uma única interface. Um dos pontos fortes é a integração com engines que fazem a transcrição baseados em algoritmos de inteligência artificial. Com a introdução desta inovação, foi possível estabelecer um fluxo inteligente e automático, completamente gerenciados pelo Media Portal. Está sendo possível constatar ganhos operacionais significativos. Também está sendo observado, que pessoas com ótima dicção tem uma taxa de transcrição bastante alta, de forma que é necessário pouca correção.

 

 

A Media Portal e o Cloudlink

Fabio Tsuzuki, Ceo da Media Portal, explica o que fazemos e apresenta o Cloudlink, novidade que fez grande sucesso na NAB 2017. Leia mais

,

Pavilhão Brasileiro na NAB 2017 com destaque para acessibilidade na TV Digital

Fabio Tsuzuki, da empresa Media Portal, está no terceiro ano como expositor e destaca:

“Demonstraremos como nossas soluções se integram à computação em nuvem. São voltadas para resolver problemas de gestão de acervos digitais, por exemplo, como guardar e gerenciar grandes volumes de arquivos”.

Leia mais

Cibertecs: Conceitos, Interações, Automações, Futurações (Portuguese Edition)

Os autores têm consciência que a velocidade da vida moderna, associada à infinitude de bases comunicativas do momento, demandam investigações abertas e interdisciplinares, disponibilizando análises que favoreçam novas modelagens e olhares científicos amplificados. Leia mais

,

Gerenciamento e arquivamento de conteúdo digital

POR REVISTADASET

Sony Brasil, Videodata e Media Portal apresentam em São Paulo seu sistema de arquivamento digital e a sua integração com sistemas de MAM Leia mais

O custo da preservação da mídia

Debate sobre gerenciamento de mídia discute os desafios e oportunidades geradas pela preservação de conteúdo.

Na programação de palestras, o tema MAM (Media Asset Management) foi apresentado na forma de debate entre players de mercado e usuários da tecnologia de armazenamento de mídia com a finalidade de preservação do acervo. Participaram deste painel Leia mais